sábado, fevereiro 04, 2006

BAIXADA URGENTE

■ Duque de Caxias voltou a ter papel de destaque na indústria automobilística nacional. Depois dos caminhões e automóveis produzidos em Xerém nos anos 50 e 60 pela extinta FNM, agora o município inova ao lançar, na última quinta-feira (2), o primeiro ônibus com motor que trabalha tanto com óleo diesel, quanto com o gás natural de petróleo, o GNV. Um coletivo da empresa TREL em fase de testes, será usado na linha Central-Xerém. A tecnologia eletrônica Diesel Flex é de última geração, menos poluente que a convencional e permite uma economia em torno de 60% com gastos em combustível.

■ Após a conversão, o veículo passa a emitir menos 80% de fumaça e menos 30%de dióxido de carbono. O procedimento é rápido e barato e não exige nenhuma modificação no motor original. O projeto se alinha integralmente com as metas de desenvolvimento limpo propostas pelo Protocolo de Kyoto. Com isso, o Grupo Gás Natural – através da CEG – torna-se pioneiro em disponibilizar a tecnologia do gás na matriz do diesel. O Estado do Rio é líder absoluto no mercado nacional de GNV, possuindo a maior frota do país com mais de 400 mil veículos convertidos.
.
■ O Ministério do Desenvolvimento divulgou esta semana o ranking dos municípios exportadores de 2005, onde Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, mais uma vez foi o destaque. A cidade, que ocupava o 12º lugar em 2004, fechou 2005 em terceiro, com US$ 3,92 bilhões em exportações, superando cidades como São Bernardo do Campo, Rio de Janeiro e Santos, ficando atrás somente de São Paulo e São José dos Campos (sede da EMBRAER), que exportaram US$ 5,6 bilhões e US$ 4,95 bilhões, respectivamente.

■ Em primeiro lugar no Estado do Rio de Janeiro, Duque de Caxias também garantiu a primeira posição no saldo comercial – exportações menos importações – com US$ 3,55 bilhões. De acordo com Jorge Rezende, secretário de Desenvolvimento Econômico de Duque de Caxias, a Prefeitura vai promover diversos eventos para incentivar as exportações, que deverão crescer ainda mais este ano. “Os números devem subir com a exportação de 150 mil toneladas de polietilenos da Rio Polímeros, empresa-mãe do Pólo Gás-Químico”, revela Rezende.

■ A Obvio, uma fábrica de automóveis em fase de instalação em Xerém, no 4º Distrito, nos galpões da extinta FNM, prevê o início de suas exportações já este ano. “Com o aumento das exportações, as empresas do município têm necessidade de ampliar e produzir mais, gerando mais empregos e contribuindo mais com o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços), aumentando assim a participação de Caxias na divisão final“, disse o secretário Jorge Rezende, que destacou o repasse de R$ 306 milhões do ICMS em 2005.

■ A Secretaria de Educação de Duque de Caxias convocou 657 aprovados no concurso para magistério, realizado no último dia 08 de janeiro. A apresentação começa nesta segunda-feira e vai até o dia 10, na Secretaria de Administração, localizada na Alameda Dona Esmeralda, 206, Jardim Primavera. O candidato que não se apresentar será automaticamente desclassificado, conforme previsto no edital.

■ As secretarias de Administração, Educação e Saúde montaram um esquema especial para agilizar o processo de cadastramento dos aprovados, que sairão da Prefeitura com o encaminhamento para a apresentação na escola onde farão o estágio probatório. O cronograma de apresentação está disponível no site da Prefeitura, no endereço www.duquedecaxias.rj.gov.br, juntamente com a lista dos 657 convocados. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: (21) 2676-9908.

■ O SEPE/Caxias transferiu para segunda-feira (6), às 10 horas, a reunião marcada para esta sexta-feira, quando seriam discutidas as providências legais possíveis para buscar a anulação do recente concurso de ingresso ao magistério promovido pelo Município. Segundo a direção do Sindicato, o adiamento foi devido à ausência de alguns convidados, que dariam explicações sobre as possibilidades de anulação, pela Justiça, do concurso em que menos de 2% dos 95 mil candidatos obteve aprovação.

■ O sindicalista e escritor Vicente Portella publicou no seu blog(http://vicenteportella.blogspot.com) a lista dos parlamentares do Estado do Rio que teriam recebido cerca de R$ 2,4 milhões do “Caixa Dois “ de Furnas. O deputado cassado Roberto Jefferson já admitiu que recebeu R$ 75 mil da estatal na campanha de 2002.

Um comentário:

Teazer Man disse...

Interesting blog, take a look at mine if you will. http://teazertv.blogspot.com it is all about my favourite website really, Teazer.tv. They have everything that is about porno if that is your thing.