quarta-feira, junho 28, 2006

BAIXADA URGENTE - DENÚNCIA

PL ESQUECE O MENSALÃO E
PEDE ÉTICA NA POLÍTICA

O Partido Liberal usou o seu programa de segunda-feira para tentar “vender uma nova imagem”. A direção e os parlamentares da legenda se apresentaram defendendo a ética na vida política nacional e um combate vigoroso à corrupção. Quem estivesse passado 2005 no exterior bateria palmas para o partido que era dirigido pelos ex-deputados Valdemar da Costa Neto, presidente do Diretório Nacional, e Carlos Rodrigues, que se apresentava como Bispo Rodrigues, alto dirigente da Igreja Universal e presidente regional do PL. Os dois renunciaram aos mandatos para evitarem a cassação, sendo que Waldemar da Costa Neto confessou que negociara o apoio do partido a Lula, na campanha eleitoral, em troca de alguns milhões do Caixa Dois do PT. Ambos fomos denunciados pelo Ministério Público Federal por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O ex-Bispo Rodrigues responde, ainda, a processo por corrupção na Loterj e envolvimento com Waldomiro Diniz, que foi filmado extorquindo um banqueiro do jogo do bicho. Foram 20 minutos desperdiçados, pois o PL não apresentou nenhuma proposta de reforma do Estado que, pelo menos, dificulte a corrupção, se não for possível acabar com ela. Afinal, a maioria dos brasileiros apóia Lula, apesar dos escândalos envolvendo figuras de destaque do Governo. Só num processo proposto pelo Ministério Público ao STF são 40 ex-ministros e políticos acusados por corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. O ex-governador Ademar de Barros foi para o túmulo levando a pecha de se valer de um slogan surrado em todas as campanhas: ele roubava, mas fazia. José Dirceu & Cia. foram afastados do Palácio do Planalto sem apresentar nenhum projeto de interesse do País, salvo garantir que o PT ficasse no Poder por 40 anos, no mínimo.

► A população do Estado do Rio de Janeiro poderá ter uma anistia de até 90% sobre suas dívidas vencidas do IPVA e de multas por infrações de trânsito. Foi aprovado, quarta-feira (21/6), o projeto do deputado Paulo Ramos (PDT), autorizando o Poder Executivo a oferecer o benefício para a população, por um período de 120 dias. Segundo a proposta, as dívidas a serem anistiadas incluem as relativas ao IPVA, multas por infração de trânsito e diárias de depósitos, e deverão ser pagas à vista.
► “Os depósitos do estado estão lotados de veículos e muitos proprietários não têm como tirar seus carros de lá por total falta de dinheiro. Existem casos de dívidas mais altas que os valores dos próprios automóveis, que ficam estragando nos pátios. Além disso, existem várias contestações sobre a aplicação de multas. É o caso das infrações anotadas por guardas municipais e de alguns equipamentos eletrônicos. A minha intenção é praticamente zerar os problemas para que discutamos critérios para aplicação das regras, que devem ser cumpridas". A governadora deve vetar por inconstitucional. A anistia é assunto de iniciativa do Chefe do Poder Executivo.
► A Procuradoria-Geral da República pedirá ainda esta semana ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito para investigar o envolvimento de cerca de 30 novos parlamentares envolvidos na compra superfaturada de ambulâncias com dinheiro público. A informação é do presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Sanguessugas, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ). Com isso, chegará a 45 o número de parlamentares investigados pelo MP Federal por suposta participação no esquema de corrupção, revelado em maio pela Polícia Federal. Recentemente, o procurador-geral Antônio Fernando de Souza pediu a investigação de 15 parlamentares suspeitos, que ainda estão sob investigação. Biscaia prometeu quebrar o sigilo das investigações, determinada pelo Ministro Gilmar Mendes, relator do processo no STF, tornando publica a relação de todos os investigados, que responderão a processo no Conselho de Ética da Câmara e do Senado.
► A prefeitura de São João de Meriti decidiu investir em forró. Nos primeiros contatos com artistas que atuam na Baixada a resposta foi animadora. Se tudo correr conforme o esperado, o projeto deverá ser inaugurado durante os festejos, em agosto, do 51º aniversário de emancipação do antigo Distrito de Duque de Caxias em uma das praças do Município. A Cultura agradece esse esforço do prefeito Uzias Mocotó de incentivar uma das mais ricas manifestações do folclore nacional, sucesso até na Alemanha.
► Nesta quarta (28/06} tem a sessão “Viva o Brasil”, no Cine Clube Mate Com Angu, com a exibição de filmes que mostram o dia-a-dia do brasileiro comum. Ao final da exibição, além de música mecânica, haverá um baile perfumado com Dominguinhos do Recife e seu trio pé-de-serra garantindo o arrasta-pé. Será na sede da Banda Lira de Ouro, na Rua Sebastião de Oliveira, 72, no final do calçadão da Nilo Peçanha, no centro de Caxias. A exibição começa às 20:00 horas e o ingresso custa APENAS 2 REAIS.
► A candidatura a governador do senador Marcelo Crivella, pelo novato PRB, subiu no telhado. Sem coligação, o tempo no horário gratuito só seria aproveitável se o sobrinho do Bispo Edir Macedo tivesse o poder de síntese do deputado Enéas, do PRONA. Nem serve de ajuda o fato de contar com as bênçãos de Lula e do alto comando do PT, que, mais uma vez, está cristianizando o correto e combativo Vladimir Palmeira. Na ótica da banda do PT que está no Poder, em política vale tudo, menos perder. Essa filosofia, aliás, sempre foi defendida com mais naturalidade e propriedade pelo Sr. Paulo Maluf.
► Será votado na Alerj nesta quarta (28/06) projeto do deputado Carlos Minc (PT), que cria regras para o monitoramento pelo consumidor da qualidade da água fornecida pela Cedae, como o envio de relatórios mensais de monitoramento aos órgãos de saúde. A proposta, que regulamenta o artigo 282 da Constituição Estadual, ainda determina a publicação semestral de relatórios em jornais de grande circulação no Estado.
► Os compradores de imóveis da Cehab poderão ser isentos de custas de cartorários e de registros se for aprovado nesta quara (28/06) projeto do deputado Alessandro Molon (PT). Pela proposta, o benefício seria estendido aos servidores estaduais de baixa renda que compraram imóveis vendidos ou financiados pelo Iperj. “O Iperj vendeu ou financiou, no passado, imóveis diretamente a servidores do Estado. Hoje, a instituição não mais possui carteira imobiliária, mas acumulou, ao longo do tempo, um problema até o momento insolúvel: aposentados e pensionistas que adquiriram esses imóveis não têm condições de regularizá-los; pois seus proventos e pensões, de tão irrisórios, não lhes permitem custear as despesas de cartórios, que são pesadas”, argumenta Molon.
► O prazo de validade do Cartão Especial de Estacionamento, dado para pessoas portadoras de deficiência e idosos maiores de 65 anos, poderá ter seu prazo de validade ampliado. Segundo projeto do deputado Nelson Gonçalves (PMDB), que será votado, em primeira discussão, nesta quarta-feira (28/6), o cartão deverá ter a mesma validade da carteira de habilitação do motorista. “Esta alteração tem como objetivo desburocratizar o processo de emissão do Cartão Especial de Estacionamento, facilitando sua distribuição e permitindo mais agilidade no cumprimento da lei”, acredita o parlamentar.
► Com a presença dos ex-prefeitos Mário Marques, de Nova Iguaçu, e José Camilo Zito, de Duque de Caxias, e do ex-governador Marcello Alencar, o PSDB homologou domingo (25/06) a chapa que concorrerá às eleições estaduais deste ano, encabeçada pelo deputado federal Eduardo Paes, candidato ao Governo do Rio de Janeiro. A convenção do partido oficializou a chapa, que tem Maristela Kubitschek como candidata a vice-governadora e Ronaldo Cezar Coelho, candidato ao Senado Federal.
► Eduardo Paes deixou claro que é preciso integrar o estado. “Não é mais possível essa divisão entre interior e capital. Queremos uma gestão profissional, parar de usar a máquina do estado para atender aos interesses de políticos amigos. Por fim, e acima de tudo, vamos promover uma cooperação institucional constante. Chega de tanta briga política no Rio de Janeiro¸ em que no fim das contas a população é sempre a maior prejudicada”. P ex-prefeitinho da Barra e, hoje, adversário do prefeito César Maia, garantiu também que as diferenças políticas não serão motivo de entraves nas relações com os prefeitos. “Não vai ter prefeito nesse estado discriminado porque é de outro partido. Vamos conversar com todos e nos empenhar em reerguer o Rio de Janeiro por inteiro”.

Um comentário:

Pastor Paulo Feijolli disse...

UMA LUZ NA ESCURIDÃO
Foram retomadas as obras de instalação da iluminação na Rodovia Washinton Luis,na data de hoje.
Os postes ja chegaram até o Jardim Manacá(Casa do Alemão).

Pastor Paulo Feijolli