sexta-feira, março 17, 2006

A SOLIDÃO DE ZITO

► Num surpreendente desabafo, o ex-prefeito Zito admitiu a um velho amigo e ex-diretor do Hospital Duque que as três derrotas em 2002 (Duque de Caxias, Belford Roxo e Magé) serviram-lhe de lição para que possa, no futuro, distinguir melhor quem é, efetivamente, seu amigo e quem apenas bajula o político vitorioso. A conversa foi há 15 dias e nela Zito desfiou um rosário de mágoas contra figuras de proa nos seus oito anos de governo e que, ao longo da última campanha foram debandando, como marinheiros apavorados em mar revolto. Zito afirmou que se arrepende, principalmente, pelo fato de haver deixado velhos e leais amigos de fora do seu governo, preferindo aproveitar aqueles que dele se aproximaram depois de sua chegada à Prefeitura. Ele confessou, também, que, hoje, é um homem só, sem vereadores ou deputados para defendê-lo dos adversários. Semana passada, ele foi visto almoçando no restaurante do Bombinha, no Centenário, cercado apenas por seguranças. Já na ultima reunião de trabalho numa quadra de esportes do Dr. Laureano, havia gente saindo pelo ladrão, numa demonstração de que, pelos menos para o povão, ele continua sendo “o Imperador de Caxias”.
Seria bom que o Washington Reis, ex-vice de Zito em seu primeiro mandato, analisasse esse desabafo como um aviso do que poderá lhe acontecer num futuro próximo. Afinal, muitos ajudaram a empurrar o carro-de-som na campanha, mas os principais cargos no governo foram ocupados por estrangeiros, que aqui só vieram depois da posse.

2 comentários:

Pastor Feijolli disse...

SAÚDE E POLÍTICA OU A POLÍTICA COM A SAÚDE

Andando pelos distritos do nosso município, estamos vendo, mais uma vez, um fato inusitado: a abertura de pontos de atendimentos médicos e outros serviços, de competência exclusiva do poder público, para atender os possíveis eleitores, e preventivo disto ou daquilo.
Temos aí clinica geral, pediatria, cursos para as mais diversas áreas tecnológicas.
Pena que, terminadas as apurações, tudo desapareça para voltar na outra eleição.
Na área medica, com a criação e efetivo funcionamento desses novos pontos de atendimento, o problema da saúde em DCX estaria resolvido.
Sem contarmos aqueles que só aparecem na periferia de quatro em quatro anos.
Pe. Feijolli

Pastor Feijolli disse...

O RECADO DE ZITO

Oportuno o comentário sobre as magoas do ex prefeito Zito.
E mais ainda o conselho para o atual mandatário que vai perigosamente na mesma direção.
Um abraço do
Pastor Feijolli