quarta-feira, julho 12, 2006

BAIXADA URGENTE - DENÚNCIA

Caxias reajusta passagens
de ônibus em mais de 50%
Os moradores de Duque de Caxias tiveram um susto na madrugada de sábado. As passagens das linhas de ônibus controladas pelo Município subiram mais de 50%, no rastro do reajuste determinado pela Justiça para as linhas intermunicipais que circulam na cidade do Rio de Janeiro. No Rio, a ação fora movida por uma empresa carioca, alegando que as passagens das linhas intermunicipais estavam inferiores às linhas locais, o que caracterizaria uma concorrência desleal. A Justiça determinou à Secretaria de Transportes do Estado que o piso das linhas intermunicipais deveria ser o mesmo das linhas da Capital, de R$ 1,90. O fato foi aproveitado pelas empresas que exploram linhas em Duque de Caxias, cujo piso era de R$ 1,60, mas, ao invés do reajuste ser feito apenas no piso, a Prefeitura autorizou o reajuste de todas as linhas. Assim, nas linhas que ligam Saracuruna, Bom Retiro, Ana Clara, Cangulo, Parque Independência, bairros da periferia onde a maioria da população ganha menos de R$ 700 reais, as passagens, que custavam R$ 2,00 na sexta-feira, pularam para R$ 3,40 num passe de mágica e em plena madrugada de sábado. Como os empresários de ônibus temiam uma forte reação dos passageiros, “arredondaram” o preço para R$ 3,00, que eles apelidaram de “promoção”. Diante do fato de não haver nenhuma justificativa técnica para tal reajuste, muito menos a publicação de ato formal da Secretaria de Serviços Públicos no “Boletim Oficial” do Município, que não circula desde fevereiro, a OAB/Caxias está preparando uma representação, que será encaminhada ao Ministério Público, para a abertura de uma Ação Civil Pública contra o prefeito Washington Reis e as empresas de ônibus. Para o advogado Geraldo Menezes presidente da OAB/Caxias, a ação judicial que obrigou o Governo do Estado a reajustar o piso das passagens das linhas intermunicipais, proposta no Rio de Janeiro, não obriga a Prefeitura de Duque de Caxias a conceder qualquer reajuste de tarifa, muito menos sem um estudo técnico apurado. Até nas linhas mais curtas o preço é abusivo, pois a que liga o Hospital Infantil à Vila Operária, a mais antiga favela de Duque de Caxias, passou de R$ 1,60 para R$ 1,90, para um trajeto que não chega a 3 Km, ao passo que as linhas da Capital chegam a mais de 30 Km com a mesma tarifa.

► A Governadora Rosinha Garotinho esteve em Duque de Caxias nesta quarta-feira (12/07) para anunciar a instalação de mais seis empresas ao redor do Pólo Gás-Químico de Campos Elíseos. Enquanto isso, os operários que trabalham na reforma da estação ferroviária estão de braços cruzados pela segunda semana, por falta de pagamento. As empreiteiras Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia, que tocam a obra, dizem que só receberam R$ 1,5 milhão dos R$ 15 milhões empenhados para o início da obra, que vai construir uma passagem subterrânea sob as linhas da extinta Leopoldina.
► O Governo garante que os R$ 32 milhões para as obras foram emprestados pelo Banco Mundial. Os comerciantes da Avenida Plínio Casado já avisaram ao prefeito Washington Reis que fecham as portas no final do mês se a avenida não for liberada, pois as vendas caíram mais de 40%. Os transtornos ao trânsito, por causa da interdição da Plínio Casado, já se reflete até nas Avenidas Presidente Vargas e Brigadeiro Lima e Silva, do outro lado da estação.
► O Senador Sergio Cabral Filho está tentando se descolar do casal Garotinho, de olho num futuro acordo com Lula no segundo mandato. Quando um eleitor pergunta se ele é o candidato de Rosinha e Garotinho, o senador desconversa, dizendo que é apenas candidato do PMDB. Sua assessoria precisa lembrar ao irrequieto senador que o deputado Miro Teixeira perdeu a eleição para Governador do Rio de Janeiro a menos de 15 dias do pleito quando, aconselhado pelos famosos “Luas Pretas”, fez um violento discurso em Madureira, desancando o então governador Chagas Freitas, de quem fora secretário particular e que o apresentava como seu herdeiro político. Miro tentava, com essa manobra, descolar-se do governador diante da metralhadora giratória de Brizola, candidato de oposição.
► Chagas Freitas chamou os deputados e vereadores do partido e anunciou que estava rompido com Miro e que considerava seu inimigo quem votasse em Miro. Brizola acabou eleito, numa reviravolta surpreendente. O então deputado José Carlos Lacerda, que mais tarde seria prefeito de Duque de Caxias, com a reeleição garantida para a Assembléia Legislativa, confessou ao governador que assumira compromisso de apoiar Miro Teixeira e manteria esse compromisso. E Lacerda acabou perdendo uma reeleição considerada garantida.
► A Prefeitura, o governo do estado e empresas de Campos Elíseos, participantes do convênio de Parceria Público-Privada (PPP) vão investir R$ 80 milhões na construção do Anel Viário no entorno do Pólo Gás-Químico. Serão investidos R$ 20 milhões da Prefeitura, R$ 20 milhões do governo do estado e R$ 40 milhões das empresas filiadas à Assecampe (Associação Comercial de Campos Elíseos) e serão criados 2.500 empregos durante as obras. A conclusão está prevista para o final de 2007. As vias servirão como alternativa para o escoamento da produção industrial da região e de ligação da BR-040 (Rodovia Washington Luiz) à BR-116 (Rio-Magé).
► Morreu Uberay Gonçalves, combativo líder sindical em Duque de Caxias que, em 1964, fundou e presidiu a CGT – Central Geral dos Trabalhadores – que, à época, controlava a maioria dos Sindicatos da região, inclusive os dos Comerciários, dos Rodoviários e dos Ferroviários da Leopoldina. Seu corpo foi sepultado na tarde desta quarta-feira (12/07), no Cemitério do Tanque do Anil, no Parque Beira Mar.
► O que restou da extinta fábrica de tecidos de Duque de Caxias, que, além de sacaria de juta, também fabricava o disputado linho S/120 Braspérola, está sendo demolido. Os rumores são de que uma igreja evangélica comprou o terreno. A fabricação de linho foi interrompida devido à falta de água e a fábrica transferida para o Espírito Santo, nos anos 80, deixando para trás apenas a produção de sacos de fibra de juta, que empregavam cerca de 1.200 operários, que trabalhavam em três turnos. Até o setor de polipropileno, que produzia sacos com fibra sintética, foi desativado.
► O prefeito Washington Reis, inaugura nesta sexta-feira (14/07), às 19h, a nova praça do bairro Santa Lúcia, no Terceiro Distrito. A praça ganhou área de lazer ganhou playground, área coberta para aposentados com mesas e bancos, quiosques, jardins e quadra esportiva polivalente, além de nova iluminação. A obra vai beneficiar também moradores dos bairros vizinho que tiveram o acesso à praça facilitado com a ampliação da Avenida Coronel Sisson, que liga Imbariê a Magé. Os traficantes que controlam a venda de drogas na Vila Cabal, vizinha à praça, devem estar comemorando, para maior desespero dos moradores do bairro.
► Quem precisar de informações sobre números de telefones fixos da Telemar pode fazê-lo sem gastar um tostão. Basta acessar o serviço pelo 0800-310102. A empresa, por motivos óbvios, não divulga a existência desse serviço gratuito, pois no antigo 102 é cobrada cada consulta.
► O “Projeto Sergio Fonseca Convida” promove nesta quinta-feira (31/07) a apresentação do cantor Jairo Bráulio Araújo. A apresentação será no “Churrasco do Suca” que fica na Av. Abílio Augusto Távora, 2.362, Bairro da Luz, (antiga Estrada de Madureira) próximo à UNIG em Nova Iguaçu. Jairo Bráulio foi intérprete da Leão de Nova Iguaçu e compositor de sambas conhecidos, entre eles, "Firma o Batuque", sucesso na voz do Grupo Pirraça, entre outros. Não será cobrado ingresso, apenas o “couvert” artístico, no valor de R$ 3 reais por pessoa.
► Feira de artesanato, teatro, skate, forró, comidas típicas e capoeira, são algumas das atrações do projeto “Resgate Cultural”, que acontece neste sábado (15/07), a partir das 14h, na Praça Humaitá, no 25 de Agosto, em Duque de Caxias. O evento, promovido pelas associações de Moradores do Jardim 25 de Agosto e Carnavalesca do município, conta com apoio da Prefeitura. Foram convidados para o evento blocos carnavalescos com sede no município que promoverão um carnaval fora de época na cidade.

2 comentários:

Reinaldo Betão disse...

MUITO OPORTUNO!
Suas informações são sempre importantes e vêm em boa hora.
Parabéns pelo profissionalismo.
Um forte e fraterno abraço,

Reinaldo Betão
Deputado Federa

Anônimo disse...

Esse 0800 da telemar nao existe...